quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Perdida


Nunca consegui perceber o significado desta vida. Uma vida onde os sonhos não existem. Uma vida perdida. Desgraçada.
Não invejo, não amo, não almejo, não desejo.
Apenas arrasto este corpo, sem conseguir perceber muito bem porque o tenho, para que serve. Corpo morto, sem alegria, sem fogo. Triste.
Pego na alma nua e sento-a. Cansada. Talvez seja a única coisa que paira com sentido. Aprisionou-se em mim e teima em não partir.
Afago os cabelos. Um dia tiveram vento, caricias, luz. Hoje quietos cobrem os meus ombros secos. Amargurados.
Não sei porque aqui continuo. Através da janela vejo o sol, o longe. Não percebo porque tenta alcançar-me e porque não consigo chegar-lhe. Ilusão.
Perdida em mim sigo os dias, que não distingo, que não quero. Noite.

E sigo, sem saber porquê nem como. Sigo nem sei para onde.

17 comentários:

vício disse...

acho que devias ter feito o mapa de ti antes de entrar! assim não te perdias!

queres um gps?

pensamentosametro disse...

Amanhã é um outro dia, vais sentir-te melhor, reencontrada, a Najla que conheço outra vez.

Bjo


Tita

M disse...

:)
lindo!

Tatiana disse...

Muitas vezes é preciso perder-se para encontrar-te de forma inteira!

Um beijo com carinho

Lança disse...

Gostava de poder ajudar... se souberes como, diz!

Mas tens de ser tu a ajudar-te a ti própria e a querer mudar!

Se o texto se aplicar a ti, claro... :)*

gabyshiffer disse...

Najla, o seu poema descreve um estado de espírito em que me encontrei um tempo atrás, foi um período muito difícil pra mim...
Fiquei assim...
Mas felizmente passou e eu vi que apesar de minha filha sem motivo maior que a influência do pai, resolveu sair de casa pra ir morar com ele, este que sempre fora um pai ausente.
Mas hoje eu estou bem, estamos bem eu e ela, eu aceitei, sofri sozinha até encontra a pessoa com a qual divido os meus dias. Um homem maravilhoso que me fez viver de novo.
É a vida né
Olha eu aqui falando demais
Entaum
o Fábio poderia estar sobre a influência de alguma coisa, mas seja o que for deu a ele uma inteligência invejável...rs
Que vc tenha um dia iluminado e feliz
Parabéns pelo poema.
Beijos

gabyshiffer disse...

Najla, o seu poema descreve um estado de espírito em que me encontrei um tempo atrás, foi um período muito difícil pra mim...
Fiquei assim...
Mas felizmente passou e eu vi que apesar de minha filha sem motivo maior que a influência do pai, resolveu sair de casa pra ir morar com ele, este que sempre fora um pai ausente.
Mas hoje eu estou bem, estamos bem eu e ela, eu aceitei, sofri sozinha até encontra a pessoa com a qual divido os meus dias. Um homem maravilhoso que me fez viver de novo.
É a vida né
Olha eu aqui falando demais
Entaum
o Fábio poderia estar sobre a influência de alguma coisa, mas seja o que for deu a ele uma inteligência invejável...rs
Que vc tenha um dia iluminado e feliz
Parabéns pelo poema.
Beijos

gabyshiffer disse...

Ah esqueci de perguntar, por acaso vc se encontra assim como descreve o poema?
Se for o caso lembre-se de que tudo passa...
Eu sei
Bjos

Ricardo Cataluna disse...

Ás vezes é preciso cair para nos levantarmos com mais força do que nunca.

Dry-Martini disse...

A precisar de uma açorda?

XinXin .)

entremares disse...

Como diziam os Monty Python...

" O sentido da vida é que a vida não tem sentido absolutamente nenhum"

E posto isto, será... que é verdade ?

Espelho meu disse...

Seguir não se sabendo para onde, é o primeiro passo para se chegar a algum lado...talvez aquele onde nunca pensamos chegar...

Posso dar-te a mão nesse caminho, sempre que precisares! :)

Beijinhos minha querida*

kris disse...

najla

leio as tuas palavras e relembro uma altura muito má da minha vida, em que me sentia exactamente da mesma forma..pensava que o meu mundo tinha mesmo acabado, nunca tinha sentido aquilo, e foi horrível.
Não acreditava que as coisas poderiam melhorar...mas olha...as coisas melhoram sim.
Sei que tudo o que possa ser dito agora não valerá de muito..mas olha para ti..e só para ti..e dá uma chance a ti mesma..tens de fazer um pequeno esforço..que irá ser compensado. Mas não deixes de acreditar...

um beijo

spritof disse...

Dás ideia de uma vida que se alonga para além da vontade.

Tantas vezes se afirma o oposto, mas a realidade que vejo na maioria das vezes é essa mesma que descreveste.

Não sei ao certo ao que te referes neste texto, nem a quem (ou tipo de pessoa) se refere... já que se podem abstraír interpretações tão distintas...

najla disse...

Quero, de facto, agradecer a todos as palavras de carinho que aqui deixaram. Mas quero-vos tranquilizar quanto ao meu estado. Longe de mim, hoje, estar ou andar perdida.
Mas como qualquer um de vós também tive dias desses. E hoje, para escrever um texto assim,basta concentrar-me no passado. E tal como o Spritof escreve "dás ideia de uma vida que se alonga para além da vontade."...sim! É um facto. Mas não no dia de hoje.
Obrigada a todos e beijinhos

Nelson Soares disse...

Simplesmente um deleite literário... Amei!


Stay Well

kris disse...

eu não me quero concentrar no passado...não quero recordar tempos difíceis e tristes, tempos de angústia e solidão...
estou bem como estou ...obrigado!!!!!


fico feliz que tu também o estejas :)

beijo