segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

A calmia do caos


Fiz as malas e parti.

Deixei a vida, a certeza, a paixão.

Levo recordações, saudade, aperto.

Caminho para o incerto.

Ficou tudo vazio. Ficou tudo calmo.

Largo e parto.

6 comentários:

vício disse...

chamar vida ao que se deixa para trás é limitarmo-nos! há sempre uma porta aberta à nossa frente para que a vida possa ser modelada!
a nossa vida somos nós e só acaba quando nós acabarmos! nunca pode ser deixada para trás!

delaorden disse...

muito bonito seu sitio, continua com esta boa casa ;-)

Tatiana disse...

Vim agradecer aos selos.
Muito obrigada!
É tão bom receber esse carinho...o coração bate mais feliz!

Mas confesso que ao ler a sua postagem, senti uma pontada de dor.

Espero que esteja tudo bem contigo.

Beijo

M disse...

hummmm (re)começos! :) às vezes são bons! :)

Nelson Soares disse...

E partes também para o desconhecido, para a descoberta. E se muito ficou para traz, muito mais se antevê no caminho.... =)



Stay Well

meus instantes e momentos disse...

belo blog. Muito bom.
Gostei daqui.
Maurizio