terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Parabéns


"Quando soube da novidade, chorei. Não queria irmãos! Porquê? Era feliz sozinha. Sempre gostei do meu canto e não precisava de partilhar as minhas brincadeiras com ninguém. Não iria emprestar a minha boneca. E os morangos que a avó comprava no mercado eram só para mim.

O pai dizia que eu haveria de ser sempre especial. Mas não precisava dizer. Eu sentia-o.
A mãe fazia botas de malha. Eram amarelas. Não gosto dessa cor. Mas afinal para quê tanta preparação? Tanta roupa?

Um dia a mãe diz:
- Está-se a mexer! Sente! Mete aqui a mão!
Não senti ou melhor, fingi que não senti.

E no dia 24 de Fevereiro, a mãe não estava. O pai vestia-me, desajeitadamente, a saia de pregas. Eu teimava que o alfinete com a inicial A tinha de estar bem à vista.
- Onde vamos, pai?
- Já saberás!

Os meus olhos de menina não escondiam a ansiedade. Depois de fazermos uns quilómetros, no velhinho volkswagen branco, onde eu no banco de trás não me atrevia tornar a perguntar onde íamos.

Depois de passarmos muitas portas e paredes brancas, vi a minha mãe.
- Mãe! - gritei
- Vem, filha, vem conhecer as tuas irmãs!

Irmãs? Duas? Antes de as ver, o meu pequenino mundo desabara.
Aproximei-me, devagar, das camas. E olhei-as. Tão pequeninas. Tão indefesas. Tão lindas! E eram minhas...minhas irmãs!
Eu tinha duas manas! E agora? Como faria com a boneca, se só tinha uma? Emprestaria à vez.
Toquei-lhes nas mãos.
- Ana, que nome lhes dás?

Talvez o nome das pessoas mais importantes para mim: o da minha melhor amiga e o da minha prima preferida.
- Que assim seja!
E de repente, tudo mudou. De repente fazia sentido elas terem nascido. De repente ter irmãos era bom. Assim já poderia ter alguém para brincar um dia. E eu como irmã mais velha, iria ensinar-lhes tudo o que sabia. E afinal, não me importava partilhar os morangos que a avó comprava só para mim."

10 comentários:

kris disse...

Linda história :))

muitos parabéns às 3 meninas!!!

beijo

spritof disse...

Então parabéns!

E que esse amor continue por muitos mais anos.



Não tenho irmãos, mas adoraria ter...
Deve ser fantástico termos alguém com quem partilhámos, e continuamos a partilhar, todas as alegrias, brincadeiras, medos, conquistas, desanimos, sucessos... das nossas vidas, desde pequenas crianças até....

PAULO LONTRO disse...

Carinho para todos.
:)

Branca disse...

Que coisa linda de ler Najla...

Tem Selo Personalizado lá no Sentimentos dedicado a todos os amigos, sinta-se a vontade pra pegar ou não...bjos!

TM disse...

E é tão bom ter irmãos... :)
Parabéns às manas...

Espelho meu disse...

Adoraria poder contar uma tão bonita história como esta...Infelizmente o destino não me presenteou com irmãos de sangue, mas colocou no meu caminho amigos a quem não me importo de partilhar esses "morangos"...

Bonita homenagem para as maninhas!
Adorei! :D

Beijocasss e boa semana*

vício disse...

eu também não queria irmãos mas a minha irmã nasceu antes de mim!

Dry-Martini disse...

Muito bonito! E parece-me uma linda lição de vida saber partilhar os morangos .P
XinXin

Ricardo Cataluna disse...

Muitos parabéns!!!

najla disse...

Obrigada a todos! :)