sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Dia dos Namorados


Muito se fala, se escreve, se lê sobre o dia dos namorados.

Não irei escrever se sou contra ou a favor, pois é como um ditado que se ouve na minha terra "não fazem mal nem bem, como as açordas em Maio".

Apenas quero reforçar a minha ideia que aos poucos vou espalhando pelos diversos blogs.
Comparo este dia como toda a loucura que antecede o Natal, os dias da mãe, do pai, da mulher...
Valem aquilo que valem e entram, mais uma vez, no culto do consumismo.

E para quê? Pergunto eu sem grande entusiasmo.

É vê-los nessa noite, completamente desenfreados, muito bem vestidos e perfumados, à procura de um restaurantezeco, de preferência caro, para no outro dia se gabarem no emprego ou no seio dos amigos.

E depois de conseguirem uma mesa qualquer, registam tudo o que se passa à volta, "cortando na casaca" dos novos namorados, dos bonitos e dos feios, dos bem ou mal arranjados e por aí fora...e isto quando há assunto!

Senão, fazem o pedido, esboçando um sorriso amarelo, e esperam em silêncio pela refeição.

Há também as novas paixões ou os exibicionistas (caso o namoro já tenha alguns meses ou anos), e surpreendem a cara metade com um presente. E a cara metade faz o seu papel: o ar de espanto e de surpresa!

A sorte de alguns casais é se o tal restaurantezeco tem televisão e melhor ainda se estiver a dar ou futebol ou a telenovela.

Claro que também há os que fazem desta noite pseudo-perfeita um pesadelo, discutindo porque a namorada olhou demasiado tempo para o empregado, ou porque o namorado olhou para a tipa que em vez de saia veste um cinto. Sem mencionar que muitos destes arrufos tem consequências piores quando saem do restaurantezeco....mas isso não iremos ver ou então está encoberto por maquilhagem.

Pois é... e assim se passa mais um dia dos namorados.

Não vou dizer nem bem nem mal, apenas desejar a todos os enamorados, apaixonados ou assim-assim, um feliz dia e uma santa noite....num qualquer restaurantezeco!

8 comentários:

vício disse...

será que me posso gabar no seio das amigas em vez de ser dos amigos?

(eu publiquei 9 minutos antes!)

najla disse...

Vicio...tu podes tudo!!!!

(Eu sei...por isso fiz questão de mencionar que ainda não tinha ido ao teu blog...não te "roubei" a ideia. heheheh)

O Profeta disse...

Construí um abrigo no deserto da emoção
Os vales são as ruas de um Deus
Fecha-se a alegria da terra
Um último olhar de amor, solto dos olhos teus

Na noite tudo se perde
Mora a sombra, o desvario
A indomável vontade do amor
Tem a força de um Rio


Bom fim de semana


Mágico beijo

Lança disse...

Em casa à luz das velas, não?

Com esta crise até... :p

Espelho meu disse...

Mas o objectivo deste dia não é mesmo cortar na casaca uns dos outros??? Ohhhhh.... LOLOL :D

Captaste na perfeição a essência deste dia (como a de tantos outros!), com todas as suas qualidades e consequências deliciosas...! ;)

Oh l´amour...

Beijocasss*

vício disse...

a sério que posso? então só tenho que conseguir ter amigas!

Pearl disse...

Concordo contigo...não tenho paciência tambem!!

beijinho

Nagareboshi disse...

é como melhoral não faz bem nem faz mal. eu não acho piadinha nenhuma ao dia...