segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Um cheirinho a Natal


Ontem, domingo, sentei-me no sofá, com a Princesa aninhada em mim, a ver televisão. A lareira acesa tentava transparecer um Novembro típico.
Mas não. Lá fora, apesar das nuvens cinzentas, não chove. E apesar da lareira acesa, ainda não faz frio. As blusas grossas de lã e os casacos felpudos ainda não fazem parte do dia-a-dia. Ainda nem me apeteceu beber o típico cacau quente antes de me ir deitar.
E ali estava eu, a deliciar-me com a tarde de domingo sem fazer absolutamente nada, apenas a ver televisão. E a maravilhar-me com os anúncios que passam e que já nos vão deixando contagiados. A cada novo anúncio, grita a pequena "Olha, mamã!", e lá lhe digo que sim, que é muito bonito, a cerca de uns 20 minutos de publicidade de bonecos e bonequitos, de jogos, de telemóveis, de carros e trotinetes demasiado sofisticados, em cada 30 minutos de qualquer filme ou desenhos animados.
E apesar do tempo não o denunciar, estamos tão pertinho já do Natal. Mesmo que lá fora, a mim ainda não me pareça, dentro de casa, o Natal arrebata-me, toma-me de assalto pois entra-me pela televisão.

9 comentários:

Paulo Lontro disse...

Este ano vai haver guerra.
No Continente, ao fim de semana, os brinquedos têm 50% de desconto, na Wortem, ao Domingo, tudo tem 20%de desconto. Comprei um pequeno forno de 80 euros e recebi uma torradeira de 16 euros de bónus...

Cheira-me que já há pânico, antes do tempo.

najla disse...

Pois, é disso mesmo que eu falo, Paulo.

TM disse...

É uma pena que o Natal agora se faça de anúncios a bonecos e jogos... É Natal porque voltaram a Popota e Leopoldina... Eu por mim prefiria que fosse Natal por terem voltado todas aqueles doces recordação da minha infância... aquelas em que tinha os meus avós e os dedos cheios de açúcar das filhóses... Isso sim era Natal...

Vício disse...

tens razão! faltam pouco mais de 8 meses...

najla disse...

TM, sim, sem dúvida. Isso eram os verdadeiros natais. Resta-nos as saudades...

Vício, explica lá melhor que eu não entendi essa dos 8 meses....vá....desenrola-te...

NI disse...

Pois eu ontem já comecei a fazer os embrulhos de Natal para os meus amigos. Detesto fazer compras em Dezembro.

E os meus Natais são à moda antiga. Doces e mais doces e os dedos todos lambuzados :)

NoGuerra disse...

...infelizmente o consumismo fala mais alto...

Mas adoro o natal...o que este tempo de chuva e céu cinzento proporciona que é o quentinho da nossa casa com os nossos "amores"!

Beijocas aromáticas***

Vício disse...

estava a falar do meu natal

najla disse...

Ni, eu também detesto as compras em cima do joelho. Mas o que realmente me importa em todos os natais, é a oportunidade que a familia tem para se juntar. Isso vale por tudo!

NoGuerra, bem vinda. Sim, o consumismo fala sempre mais alto e cada vez mais!

Vício, sim...depois percebi...mas já tinha escrito o comentário...