quinta-feira, 24 de junho de 2010

Sobrevivi!

Afinal a festa da tarde correu bem. Isto se não ligar à confusão que apenas 9 miúdos criaram. Não me ralei com as mãos cheias de gordura pelas portas, móveis e afins (e a festa foi no quintal!), nem do sumo derramado e da comida espalhada pela casa toda (sim, mesmo toda!), nem me importei por até ter brinquedos dentro da banheira e lava-loiça (julgo que a intenção era amenizar o calor), nem de se terem arrepelado por causa de um triciclo (quando havia um para cada um!), nem da birra que uma menina apanhou por causa de um brinquedo (de bater com a cabeça na parede!).
Nada! Não me importei nadinha!
Há comprimidos milagrosos! Deixam-nos calminhos.....calminhos....
Apesar de não conseguir lidar com muitas crianças, principalmente ao molho, acho que passei no teste. Mais uma vez, claro. E para o ano há mais!
A sorte é que só comemoramos o nosso nascimento uma vez por ano! Ok...nem quero imaginar!

5 comentários:

Sandra Oliveira disse...

Eu curei-me dessas festas.

Abençoado playcenter, ou funcentre ou raio-que-o-parta, mais conhecido pelo parque das bolas.

É caro, mas não tens trabalhinho nenhum e os putos saem de lá de rastos, prontinhos para banhoca e cama.

Sandra Oliveira disse...

Toy land, toy land. Nunca me lembro do nome.

Valéria Gomes disse...

Sobrou bolo para mim? Esta é a hora mais gostosa das festas de criança. Bolo de aniversário é um mimo para as crianças adultas.

Beijocas!!!

Paula disse...

Ficam as memórias que são "deliciosas" certo?

Uma beijoca doce para as 2***

Anónimo disse...

lolololol
até te estou a imaginar!!!!