quinta-feira, 16 de julho de 2009

Pois...


Eu sei que é um assunto badalhoco mas como a grande maioria já passou por estas situações, digam-me, como conseguiram dizer a uma pessoa com a qual não têm à vontade, que:
- tem a braguilha aberta?
- tem qualquer coisa no dente?
- tem um macaco no nariz?

10 comentários:

Pi disse...

ehehe! É mesmo sempre difícil fazê-lo...

Bom dia, um beijo

The one you know disse...

Braguilha aberta: Já vi que tas com frio...

Qualquer coisa no dente: Aposto que o teu almoço foi bacalhau!

Macacos: Tens um bicho aí no nariz...

Freyja disse...

Caríssima,


Aí está um interessante desafio!


Ora bem:

- Tem a breguilha aberta: O Sr. desculpe, mas parece-me que tem qualquer coisa nas calças...


- No dente: Tem qualquer coisa nos dentes.
Entretanto faço o gesto para que a pessoa não se sinta tão incomodada.

Tem um macaco no nariz: Quer um lenço de papel?


Entretanto há mais uma série de artimanhas interessantes e situações bizarras, porém suponho que esteja na diplomacia de cada um tentar fazer com que o outro não se sinta tão incomodado com a figura...


Beijo,



[Boa sorte com a nova casa]

Osga disse...

Directamente e sem rodeios.

Eu digo!

najla disse...

Pi, sem dúvida...

The one you know, bem vindo! Boas dicas...mas já as usaste? eheheh

Um beijo

najla disse...

Freyja, sem dúvida diplomacia acima de tudo! eheheheh
Obrigada pela sorte enviada! E já agora, como se chega ao teu blog?

Osga, mas tu és doido! Ou então andas a ver se alguém te dá algum soco....

Um beijo

vício disse...

é claro que sim!

e melhor que isso é dizer isso a uma pessoa que nos está a dar seca sem que seja verdade (de preferência quando essa pessoa está entusiasmada com o que está a dizer)

há uns tempos fiz isso. estava a apanhar uma seca tremenda e a certa altura perguntei ao tipo:
- Está a usar Old Spice, não estás?
nem queiras imaginar a risada geral que foi...

spritof disse...

varia muito consoante as situações e as circunstâncias do "encontro"...
...mas se se tratar de alguém que é um fdp, o melhor é não dizer nada mesmo... que sofra na sua ignorância. Caso contrário, é dizer com a maior naturalidade possível, até porque não é nada de mais...

spritof disse...

...e nalgumas situações é um excelente quebra-gelo!

paddy disse...

Eu digo sempre à vontade.
E gosto que me digam, não há nada pior do que nos olharmos ao espelho e ver um bocado de qq coisa no dente =P