quarta-feira, 22 de julho de 2009

Calha a todos


Quando escrevo um texto no blog, ele depende do meu estado de espírito.

Se estou triste, escrevo textos tristes. A tristeza inspira-me para assuntos que normalmente nem tocaria. Muitas vezes até são irreais....mas são meus!
Se estou feliz ou contente, ou melhor, se não me levantei de mau humor, por norma coloco textos que eu considero engraçados, ou alguma noticia de jornal pertinente, ou alguma situação da minha Princesa ou do meu fantabulástico colega, ou algo que se tenha passado comigo...mas os textos são meus!
Se estou naqueles dias sem inspiração nenhuma, coloco um excerto de um poema, uma frase, uma música....mas respeito o que não é meu!

Agora, ver alguém apropriar-se do que eu escrevi, é mau! Muito mau! E de um baixo nível tremendo! Mas se assim não fosse, não existiriam palavras como "plágio" e "plagiadores".

Que Deus os rebente com saúde!
1; 2

10 comentários:

Anónimo disse...

Vês porque é que eu não gosto de gente burra e pobre (leia-se de espirito,personalidade)! e parecem praga!
PQI

Nelson Soares disse...

Já comentei o segundo e dirijo-me agora para o primeiro... Merdosos!!!


lol ai fico possesso....

najla disse...

PQI, eu sei....eu sei...tenho de reconhecer e dar a mão à palmatória: tens tanta razão!
Um beijo

najla disse...

Nelson, obrigada. Eu tive de me registar num deles para poder comentar....ao que se chega! Mas mesmo assim, houve uma amiga que disse que talvez na prática, não houvesse nada a fazer...a ver vamos.
Eu nem sequer te sei descrever o que realmente senti quando vi os textos...sentimento mui estranho.
Um beijo

Nikky disse...

Um deles não dá já para comentar... Porque será?

najla disse...

Nikky, surgiu efeito....mas não era necessário retirar. Bastava colocar o autor. Enfim...

vício disse...

não consegui ver mas deduzo que tenham sido os referidos "textos tristes"
as pessoas gostam de apelar ao sentimento dos outros e como não sabem como o fazer recorrem as essas práticas.
a solução é tu andares sempre bem disposta e não escreveres coisas tristes! :)

najla disse...

Vicio, a solução parece tentadora...ehehehhe
Deixa ver no que vai dar.

entremares disse...

Que te posso dizer?

Que o "original" será sempre o original e que o resto não passam de cópias ? Mas isso tu já sabes...

E como te apercebeste dos plágios ? E quantos mais não haverá por aí ?

Junto-me ao teu voto: Que Deus os rebente com saúde... e já agora, com uma rectoscopia também...

Beijos.
Bom fim-de-semana...

najla disse...

Entremares, se colocares algumas palavras-chave ou excertos dos teus textos no google, ele fará uma pesquisa sobre o que existe de mais aproximado. Como cada autor conhece os seus textos como ninguém é facil para ti, seleccionares essas palavras e colocares no motor de busca. E claro, depois como aconteceu comigo, ficarás completamente baralhado quando em vez de ir directo ao teu blog, vai parar ao de outras pessoas....
E quanto ao voto, agradou-me a ideia! eheheheh
Um beijo