segunda-feira, 18 de maio de 2009

A tenda do circo

E se de repente nos cansássemos, depois de tantos anos, de viver nos bastidores?
E se de repente achássemos que todos os aplausos que o actor principal recebe, deveriam ser nossos, pois somos nós que, afinal, escrevemos o texto e o ajudamos a decorar as cenas?
E se de repente tivéssemos uma enorme vontade de sair por detrás das cortinas e apanhar as flores que o público mandou para o palco?

10 comentários:

vício disse...

é uma opção!
outra opção é nunca fazer nada para que alguém receba aplausos sozinho...

TM disse...

Então corre antes que as flores caiam no chão.... Ainda as vais conseguir apanhar em voo...

M disse...

A vida mudava completamente... Para melhor? Isso não sei...

Osga disse...

Eu sempre disse que a força do teatro está nos bastidores...

Dry-Martini disse...

Parece-me bem! Sugiro que soltes os leões e os tigres ou colocar uns óculos bem escuros no atirador de facas :)

XinXin

Espelho meu disse...

Pergunta nada fácil miga...

Embora os bastidores sejam o nosso porto seguro que tão bem conhecemos e nos dão conforto, seja no bom ou no menos bom, a verdade é que muitas vezes essas flores são nossas e não é justo que não as possamos sentir e cheirar...

Se a vontade fôr maior mostra-te, revela-te e deixa que os aplausos falem por si, para ti... ;)

Beijinho*

Chefe disse...

Tás aqui tás nas listas do IEFP..Isso é coisa que se pense????? Tens de ir visitar o condicionador, quero dizer conselheiro, psicológico!
Dedicação total e absoluta ao Chefe! Apenas o Chefe pode brilhar, apenas o Chefe pode colher os aplausos, etc..etc.., Ai ai, ai, ainda vais em missão humanitária para um campo de refugiados no Saara para te passar a vontade de protagonismos... ;)

najla disse...

Chefe, pois...

PAULO LONTRO disse...

Sabes que se pode ser muito bom nisso?
É que há tantos que com a vontade de receber os aplausos saem dos bastidores e…
Eu entendo o que dizes e onde queres chegar Najla, mas mais tarde ou mais cedo, os que recebem aplausos não merecidos também caem e quando isso acontece… não queria que fosse comigo, não, não…!!!

Nelson Soares disse...

Fa-lo-ia com todo o gosto e proveito...