segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Esperei para te ver


As primeiras chuvas de Outono caem. A beleza do momento apazigua o abafado que se instalou.
Refugio-me na única divisão sossegada da casa. Para mim, é um momento sagrado.
Abro as janelas e respiro o ar húmido.
Sinto o cheiro a terra.
Ouço passos apressados.
Uma inquietude.
Encosto-me à ombreira fria que me trespassa o pijama de cetim.
Abraço-me.

Em pensamentos-relâmpago passam muitas vidas...mas não tento traduzir.
De repente, apetece-me cacau quente!
Cacau quente para o aconchego.
Para me acalmar.
Para me percorrer.
Para me invadir.

E outro pensamento recai sobre alguém.
Alguém que não conheço.
Mas gosto.
Alguém que me ouve e sente.
Mas não me vê.
Alguém que me adoça.
Mas está longe.
A chuva continua a cair.

O pensamento foge novamente e segue o regato.
"Um dia..." penso sempre no amanhã mas consciente do presente.
Fecho os olhos e esvazio a mente para ouvir o silêncio.
Silêncio invadido pelo bater da chuva.
A chuva que me descodifica e mostra o meu ser.
A chuva que significa um novo ciclo.
A chuva que transporta a saudade.

Mas, afinal, ainda são as primeiras chuvas de Outono!

13 comentários:

Noiva Judia disse...

E ele começa já hoje... Que bom!

najla disse...

Noiva Judia, pois começou...e por estas bandas começou em grande!

aoutrarua@gmail.com disse...

Um momento com tanto de sagrado... como de profano :-)

Nikky disse...

Já estávamos à espera, não era? ;)

PAULO disse...

Pois pelo Norte nem acabou o Outono/Inverno do ano passado ... !!! S.Pedro fez saltar duas estações este ano. Perdeu a cabeça o homem ...

Pearl disse...

Quero lizer-te que adorei ler senti identificação em algumas palavras...

estas chuvas são as mais importantes...

beijo

Anónimo disse...

o Outono chegou!... vou so fingir que é mentira! :-(

Ervi Mendel disse...

Acho que ainda ninguém te disse mas o teu blog tem andado todo marado pelo menos para utilizadores do firefox.

Penso que o responsável é o vídeo da Brandi. Aconteceu o mesmo à Nikky há pouco tempo, pergunta-lhe como é que ela resolveu o assunto.

beijos

najla disse...

Aoutrarua, nem mais!

Nikky, ansiosa, ansiosa...

Paulo, por estes lados esteve sempre bom! eheheh

Pearl, bem-vinda!

Anónimo, "se todos gostassem do verde, o que seria do amarelo"....né????

Ervi, que bom ter-te por aqui. Obrigada pela recomendação. A Nikky já me tinha avisado e a solução foi mesmo retirar o video. Não consigo inserir quase nenhum video que faz isso...novata, é o que é! Beijos

Anónimo disse...

ahh..mas é que eu gosto de verde, e amarelo, e laranja, vermelho, branco...tudo cores de primavera e verão, de campo, praia, sol....... snif snif
esta música, apesar de não ser o meu género, traduz o que quero dizer
"Na Primavera o amor anda no ar.
Na Primavera os bichos andam no ar.
Na Primavera o pólen anda no ar
E eu não consigo parar de espilrar.

No Verão os dias ficam maiores.
No Verão as roupas ficam menores.
No Verão o calor bate recores
E os corpos libertam seus suores.

REFRÃO (todos juntos): Eu gosto é do Verão
De passearmos de prancha na mão.
Saltarmos e rirmos na praia
De nadar e apanhar um escaldão.

E ao fim do dia, bem abraçados
A ver o pôr do sol
Patrocinado por uma bebida qualquer.

No Outono a escola ameaça abrir.
No Outono passo a noite a tossir.
No Outono há folhas sempre a cair
E a chuva faz os prédios ruir.

No Inverno o Natal é baril.
No Inverno ando engripado e febril.
No Inverno é Verão no Brasil
E na Suécia suicídam-se aos mil.


bjs bjs prima quase irmã

najla disse...

Prima quase irmã....não te conheço de lado nenhum!!!!!!
Aliás, so mesmo tu para me deixares um comentário desses!
E claro....não estás à espera que eu cante em conjunto o refrão, pois não? Beijos grandes
E JÁ SEI QUE VAIS MUDAR ESTE FIM-SEMANA! Chata!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

aposto em como cantaste! é automático...lolololol

spritof disse...

adorei!
fico à espera de mais...
...com expectativa!