terça-feira, 5 de agosto de 2008

Mau feitio 1 - a médica


Quando era mais novita a minha mãe fazia questão de me acompanhar ao médico.
Médica – vou passar-lhe algumas análises para fazer ao sangue.
Minha mãe – e onde se fazem essas análises? Num laboratório qualquer ou tem de se ir de propósito ao Hospital?
Médica – mas que pergunta. Então a senhora não sabe onde se fazem análises? A senhora é burra?

Perante um silêncio constrangedor, claro que eu jamais ficaria calada.

Eu – burra a minha mãe? A doutora é que é burra! Porque as análises podem ser especiais e haver uns laboratórios que fazem e outros não. Por isso a pergunta. Olhe e sabe que mais: não estou eu a dar 100€ por consulta para a senhora chamar burra à minha mãe. Você é burra, mal educada e estúpida! E a partir de hoje deixa de ter uma paciente.
Levantei-me, pedi delicadamente à minha mãe para me acompanhar, agarrei-lhe na mão (como se ela precisasse de protecção) e saímos de lá.
Mau feitio, eu?

4 comentários:

PAULO disse...

Ainda te lembras do nome dessa criatura?
Com muito gosto deveria ser publicado.

najla disse...

Paulo, se eu publicasse os nomes dos médicos insuportáveis, negligentes, pouco profissionais e mal educados que já passaram pela minha vida....acho que ultrapassava a lista de caloteiros às Finanças!

nagareboshi disse...

é assim mesmo, onde é que já se viu!

pensamentosametro disse...

Mau feitio? Nada, nada, se calhar comigo a coisa tinha corrido muuuuito pior. Que grande besta. Sabes, podem fazer-se mil cursos, mas é como dizia a minha avó: (o berço o dá, a tumba o leva).

Bjos

Tita