quarta-feira, 11 de agosto de 2010

No Centro de Inspecção Automóvel:
Inspector - É a sua esposa que conduz este veículo, não é?
Marido - Sim, sim....mas porquê?
Inspector - O cinto de segurança está impregnado de perfume. É como o carro da minha...




Mas vamos lá a ver uma coisa: qual é o drama? Qual a psicose? Diria mesmo, qual é o berbicacho? Então, una donna já não se pode perfumar que vem logo um espertinho fazer um reparo destes?!? Era melhor cheirar a quê? Cavalo? Suíno? A cebola?
Homens!

4 comentários:

Vício disse...

ele falou do cinto porque não deve ter cheirado o assento...

najla disse...

eheheheh, oh Vicio, não sabia que o cheiro do assento dava para se notar se o "perfume" era de homem ou mulher....só tu!

TM disse...

Isso é inveja.... queriam eles ter um carro assim cheirosinho...

Paula disse...

É ciume mesmo deles nunca cheirarem tão bem... hehehe